Papo Reto Cariri - Opinião, Notícias e tudo que acontece sem arrodeios
Chefe do Demutran de Nova Olinda é conduzido à delegacia
Chefe do departamento Municipal de Transito foi conduzido a 19ª DRPC à presença do delegado de plantão que decidirá sobre o procedimento.
date_range09/07/2019 às 16:44

Chefe do Demutran de Nova Olinda é conduzido à delegacia | Foto Reprodução Internet

Por Redação Papo Reto Cariri 

O Chefe do Departamento Municipal de Trânsito de Nova Olinda,  Francisco Diassis Miguel Sampaio foi conduzido na tarde desta terça-feira (9) à 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Crato. Ele é acusado de ter liberado veículo sem placa. Inicialmente o chefe do órgão municipal foi ouvido na sede do Ministério Público Estadual MPCE, na promotoria de justiça de justiça, no início da tarde. Informou o Blogueiro Ranilson Silva

A ação acontece após uma denúncia anônima na qual apontou que Deassis Miguel estaria realizando liberação irregular de uma motocicleta apreendida por uma equipe de fiscalização na última segunda-feira(8), a motocicleta teria sido apreendida por estar circulando sem placa.

O promotor de justiça ouviu o chefe do Demutran sobre o caso e o encaminhou à presença do Delegado Luiz Eduardo, que vai decidir sobre o procedimento.A reportagem, o representante do MP afirmou que o diretor teria feito a liberação da motocicleta sem observar os procedimentos técnicos e jurídicos apesar da flagrante situação irregular do veículo, e ainda  teria rasgado o documento referente aos autos de apreensão de infração. “Em vez de manter a apreensão do veículo de acordo com a denúncia o diretor fez a liberação”, contou o promotor.


Karamelo Store
Sobre
Jornalista formado pela UFCA, radialista desde 2013 com passagens por emissoras de rádio de Caririaçu e Juazeiro do Norte. Na televisão, realizei produção jornalistica para Tv Verde Vale de Juazeiro do Norte. No site Miséria, atuei como redator e editor de Cultura. Repórter do Portal News Cariri. Também prestando serviço de Assessoria de imprensa para instituições privadas, artistas e parlamentares.