Papo Reto Cariri - Opinião, Notícias e tudo que acontece sem arrodeios
Assembleia aprova projeto de lei que cria o Dia de Combate ao Feminicídio no Ceará;Benigna Cardoso é símbolo da causa
O 24 de outubro foi o dia escolhido, pois nesta data em 1941 a Jovem Benigna Cardoso foi martirizada, em Santana do Cariri.
date_range07/05/2019 às 22:10

Imagem| Reprodução internet

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (ALECE), aprovou, nesta terça-feira,7, por unanimidade de votos, projeto de Lei Nº 162/2019, que institui Dia de Combate ao Feminicídio no Estado do Ceará, a ser celebrado em 24 de outubro e tem como símbolo, a jovem Benigna Cardoso. A proposta foi do Deputado Estadual pelo Nizo Costa (PSB).

De acordo com o documento, no dia Estadual de combate ao feminicídio e deverão ser realizadas campanhas, debates, seminários, palestras, entre outras atividades para conscientizar a população sobre a importância do combate ao feminicídio e a outras formas de violência contra a mulher.

Para o historiador do município de Santana do Cariri, Ypsilon Félix a aprovação da lei se reveste de uma importância grandiosa pelo exemplo de Benigna."É mais uma conquista, a lei vem reforçar a importância desta mulher  para o nosso Estado. Benigna resistiu no século passado e sua história persiste entre nós de forma expressiva, que seja um verdadeiro modelo para as mulheres", disse a reportagem do Papo Reto Cariri.

 


Karamelo Store
Sobre
Jornalista formado pela UFCA, radialista desde 2013 com passagens por emissoras de rádio de Caririaçu e Juazeiro do Norte. Na televisão, realizei produção jornalistica para Tv Verde Vale de Juazeiro do Norte. No site Miséria, atuei como redator e editor de Cultura. Repórter do Portal News Cariri. Também prestando serviço de Assessoria de imprensa para instituições privadas, artistas e parlamentares.