Papo Reto Cariri - Opinião, Notícias e tudo que acontece sem arrodeios
I Festival de Talentos da Escola Joaquim Valdevino de Brito reúne, música, Literatura e inclusão em Ponta da Serra
Colégio promoveu o I Festival de Talentos – Arte Cultura em Prol da Paz. O evento aconteceu, neste sábado,22, na Rua José Bernardo Vieira e reuniu estudantes e a população em geral
date_range23/12/2018 às 02:26

Alunos da Escola Joaquim Valdevino de Brito participam do I Festival de Talentos | Foto: Ronuery Rodrigues

Vencedora no edital “A Escola é da Comunidade”, da Secretaria de Educação do Estado- SEDUC, a Escola de Ensino Médio  Joaquim Valdevino de Brito, que fica no distrito Ponta da Serra a 12 km de Crato, tem desenvolvido diversas ações com os estudantes e as comunidades atendidas pela instituição. Neste sábado,22, o colégio promoveu o I Festival de Talentos – Arte e Cultura em Prol da Paz.

O evento aconteceu na Rua José Bernardo Vieira no centro da comunidade e reuniu estudantes e a população em geral. A moradora da comunidade, Zélia Ferreira, que acompanhou as apresentações do início ao fim, disse que se sente gratificada com a escola – “Eu senti uma alegria muito grande, em saber que a Escola Joaquim Valdevino tá descobrindo os nossos talentos. Isso é muito gratificante para nós pais, e como membros da comunidade”, contou.

O I primeiro Festival de Talentos reuniu música, dança, literatura, artes cênicas e inclusão, temas vivenciados no dia a dia da escola. A professora Ingrida Lamec destacou que a instituição tem desempenhado o papel de agente transformador, sobretudo, porque tem feito “Nossa juventude brilhar”, diz ela.

A diretora Maria Wilka Gonçalves, explica que uma das propostas da escola é o trabalho em parceria com a comunidade. “ A gente fez a junção de todos os projetos que a escola vem realizando e, aí pensamos de fecharmos com esse momento, onde evidenciasse a participação de todos”, conta.

INCLUSÃO

A instituição que existe há 10 anos assume o compromisso com a cidadania desde a sua fundação. Desta forma, conta a diretora, a escola tem buscado trabalhar de maneira efetiva com a inclusão dos alunos com deficiências. No palco, uma apresentação do Coral de Libras, único na região, evidenciou que a escola está comprometida com a inclusão, haja vista que os estudantes participam de oficinas de Libras (Língua Brasileira de Sinais), afim de se comunicar com os colegas surdos/mudos.

Coral de Libras da Escola Joaquim Valdevino de Brito | Foto: Ronuery Rodrigues
NO PALCO A LITERATURA REGIONAL

Mateu, Catirina, Maria Caboré, personagens do livro ‘O mistério das treze portas no castelo encantado da ponte fantástica’, do médico e escritor José Flávio Viera, foram interpretados pelos estudantes num espetáculo que emocionou os participantes. Sorrisos e a magia dos elementos da região evidenciados de maneira lúdica e divertida. De acordo com a direção da instituição, existe um trabalho de valorização da literatura local e dos escritores regionais.

Além de José Flavio Vieira, que já visitou a escola, o poeta da comunidade, Edval Cirilo também foi lembrado. Quanto a música, artistas da escola e de localidade como Eliana Paula, Thalia Brito, Damião, Wellington, João Gabriel, Cicero, dentre outros, subiram ao palco e contagiaram o público com suas performances.

Alunos e moradores da localidade realizaram performances musicais | Foto: Ronuery Rodrigues

Karamelo Store
Sobre
Jornalista formado pela UFCA, radialista desde 2013 com passagens por emissoras de rádio de Caririaçu e Juazeiro do Norte. Na televisão, realizei produção jornalistica para Tv Verde Vale de Juazeiro do Norte. No site Miséria, atuei como redator e editor de Cultura. Repórter do Portal News Cariri. Também prestando serviço de Assessoria de imprensa para instituições privadas, artistas e parlamentares.