Papo Reto Cariri - Opinião, Notícias e tudo que acontece sem arrodeios
Homem que foi espancado em Juazeiro do Norte teve morte cerebral; família doará os órgãos
Pedro foi brutalmente espancado e não resistiu aos ferimentos. Família anunciou que fará a doação de órgãos da vítima.
date_range23/08/2018 às 11:53

Morte cerebral de Pedro foi confirmada nesta quinta-feira, 23 e família doará os órgãos da vítima (Foto:Reprodução)

 

Há 11 dias, Pedro Henrique da Costa Neto, de 32 anos, foi brutalmente espancado em Juazeiro do Norte. Ele teve morte cerebral constatada na manhã desta quinta-feira,23, pela equipe de neurocirurgiões do Hospital Regional do Cariri- HRC. De acordo com o jornalista Flávio Pinto, a família anunciou que irá fazer doação de órgãos, como era o desejo de Pedro Neto.

O CRIME

Na madrugada do último dia 12, Pedro Neto foi covardemente espancado a socos por um homem identificado por Raimundo Maciel Lopes Neto, ele é bancário e está foragido. O crime aconteceu após uma discussão de trânsito na saída de um bar, no bairro Lagoa Seca, em Juazeiro do Norte.

De acordo com a namorada de Pedro Neto, que testemunhou a agressão, o acusado perseguiu o carro da vítima por cerca de 3 km e no acostamento da Avenida Padre Cícero em frente à praça do Giradouro,espancou a vítima. As câmeras de segurança do vídeo monitoramento da Secretaria de Segurança Pública e registraram o delito. 

“O agressor desceu do carro e foi logo dando um soco no Pedro, o primeiro já o deixou desacordado, mas mesmo assim agressão continuou” contou a testemunha em depoimento à polícia. Após o ocorrido ainda pela madrugada, Pedro deu entrada no setor de emergência do Hospital Regional do Cariri com traumatismo craniano. Ele ficou sob cuidados médicos por uma semana e não resistiu.

FORAGIDO

De acordo com informações colhidas pela polícia, o acusado, Raimundo Maciel Lopes Neto, reside em Campos Sales, no Cariri Oeste e é servidor do Banco do Brasil, em Araripe. Ele trabalhou normalmente na semana passada na agência do BB daquela cidade e não mais foi visto, após o caso ganhar as redes sociais.

A polícia fez buscas em Campos Sales, mas não conseguiu localizar o acusado. O delegado Regional de Polícia Civil de Juazeiro Norte, Juliano Marcula está à frente das investigações. O acusado já havia sido indiciado por tentativa de homicídio, mas agora, diante da morte de Pedro, será indiciado por homicídio doloso, cuja pena vai de 12 a 30 anos de prisão. O delegado também pediu a prisão preventiva do acusado.


Karamelo Store
Sobre
Jornalista formado pela UFCA, radialista desde 2013 com passagens por emissoras de rádio de Caririaçu e Juazeiro do Norte. Na televisão, realizei produção jornalistica para Tv Verde Vale de Juazeiro do Norte. No site Miséria, atuei como redator e editor de Cultura. Repórter do Portal News Cariri. Também prestando serviço de Assessoria de imprensa para instituições privadas, artistas e parlamentares.