Papo Reto Cariri - Opinião, Notícias e tudo que acontece sem arrodeios
Ex-prefeito de Lavras é condenado pelo MP por nepotismo e fraude em licitação
O ex-gestor mantinha parentes ligados à administração publica e um contrato irregular com uma empresa de seu genro.
date_range20/08/2018 às 14:49

Na ação do MP, o promotor da comarca de Lavras pede a anulação da anulação da contratação ilegal da empresa do genro (Foto:Lavras Atualidade)

Em Lavras da Mangabeira, o ex-prefeito Gustavo Augusto Lima Bisneto, conhecido por Dr. Tavinho, e secretários foram condenados pelo Ministério Público do Ceará (MP-CE) por contratação irregular e nepotismo. Segundo a justiça, o ex-gestor mantinha em sua administração pessoas diretamente ligadas a sua família, além de um contrato de licitação que a justiça identificou como irregular. A investigação apurou as irregularidades da época em que o gestor foi prefeito do município, em 2013. A condenação foi determinada pelo magistrado da comarca que atua no município.

Segundo o Ministério Público, “A lesão ao patrimônio público foi articulada por meio de processos de dispensa de licitação, fundados em supostos estados de urgência e emergência do Município”.

Aos parentes ligados à prefeitura, a ação do MP identificou que Dr. Tavinho sua mulher na era época secretária de Assistência Social e o genro do prefeito é sócio administrador da empresa Ferreira & Castro Administração Imobiliária e Consultoria Jurídica S/C Ltda, empresa contratada irregularmente no período da gestão. Outros ex-secretários também foram identificados na ação do MP.

Para o contrato de licitação do genro como irregular, o MP apurou que “(...) vários processos de dispensa de licitação para prestação de serviços de assessoria jurídica foram identificados. Apesar de ter procuradores ao seu dispor, o município efetuou a contratação de mais três advogados para servir como assessores jurídicos. Há um processo irregular de dispensa, por exemplo, que favorece a empresa Ferreira & Castro, cujo sócio-administrador Marcus André Ferreira Xavier, é genro do ex-prefeito.”

Para sanas os prejuízos, o órgão pede o ressarcimento aos cofres públicos, e a devolução de toda a despesa gerada com os contratos irregulares. O valor do prejuízo não foi divulgado pelo MP.

Com informações do Ministério Público do Estado do Ceará


Karamelo Store
Sobre
Jornalista formado pela UFCA, radialista desde 2013 com passagens por emissoras de rádio de Caririaçu e Juazeiro do Norte. Na televisão, realizei produção jornalistica para Tv Verde Vale de Juazeiro do Norte. No site Miséria, atuei como redator e editor de Cultura. Repórter do Portal News Cariri. Também prestando serviço de Assessoria de imprensa para instituições privadas, artistas e parlamentares.