Papo Reto Cariri - Opinião, Notícias e tudo que acontece sem arrodeios
Camilo sabe jogar como ninguém
Mesmo sem as bençãos do PT nacional a coligação MDB e PT no estado do Ceará pode garantir a reeleição de Eunício Oliveira ao Senado.
date_range04/08/2018 às 17:19

Camilo e o Senador Eunício durante convenção do MDB. Foto: O Povo

Por Rafael Pereira

O caminho de Eunício está totalmente tranquilo agora. Hoje foi confirmada a candidatura do atual Senador para a sua reeleição ao congresso. Eunício Oliveira esteve ao lado do Governador Camilo Santana em cerimônia que reuniu hoje filiados, pré-candidatos e militantes do MDB, além da imprensa cearense, na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Fortaleza.

Camilo repetiu com todas as letras, em bom tom, que Eunicio é a sua opção para uma das vagas ao Senado Federal. O segundo nome é do ex-governador do Ceará, Cid Gomes, que tem apoio do PT cearense.

“Você é o meu candidato a senador da República”, foi umas das frases de Camilo como gesto que sela a união de dois partidos com visões e opiniões completamente opostas, além da mágoa que o PT nacional reincide ao fato de o MDB ser um dos articuladores do impeachment de Dilma.

Todos sabem quando Eunicio foi adversário de Camilo nas eleições de 2014. Todo mundo também se lembra que os dois trocavam acusações, farpas que são comuns nas disputas eleitorais como estratégia de erudição para atrair eleitores.

No evento de hoje, parece que governador decidiu apagar esse passado, desde o dia em que pediu ajudas, através de emendas, ao Senador quando o Ceará passava por diversos problemas principalmente relacionados ao abastecimento. “Todos nós sabemos que disputamos a última eleição. Talvez nós estejamos agora dando um exemplo de maturidade para a política cearense”, disse Camilo.

Durante o encontro, teve até recado do Cid Gomes ao senador. Dessa vez não foi ofensas ou acusações, pelo contrário: “O Cid mandou um recado pra você, Eunício: Ele disse que está junto com você.” Parece curioso esse tipo de manifestação, já que os FGs (Ferreira Gomes) são inimigos declarados dos articuladores do episódio do impeachment, entre eles o próprio Eunício.

Para os poucos habituados a entender de política, ainda mais para um capítulo inédito no Ceará como esse que embaralhou o juízo de muita gente, Cid e Eunício vão disputar o Senado em chapas separadas. O senador ficará numa oposição avulsa, sem o apoio do PT estadual.

“Aliança é para eleger o ex-governador Cid Gomes para senador da República e o melhor governador deste Estado até hoje, Camilo Santana. E, se vocês entenderem, pra reeleger o senador Eunício Oliveira”, disse o Presidente do Senado.

Concordando com esse apoio ou não, entendendo ou não, Eunício Oliveira possui um dos cargos de maior poder na república e que ao mesmo tempo facilitou a ajuda da União Federal ao Estado do Ceará com verbas e emendas. Mas o maior articulador dessa novelo ilinhado é Camilo Santana que soube deixar os ressentimentos para trás em prol da ajuda que o estado estava precisando naquele momento. Ao mesmo tempo, ele soube como ninguém jogar o xadrez da política “unindo” os opostos no mesmo palanque. Além disso, ele lidera tranquilamente as intenções de votos no estado, em última pesquisa realizada.

Com informações O Povo Online


Karamelo Store
Sobre
Jornalista formado pela UFCA, radialista desde 2013 com passagens por emissoras de rádio de Caririaçu e Juazeiro do Norte. Na televisão, realizei produção jornalistica para Tv Verde Vale de Juazeiro do Norte. No site Miséria, atuei como redator e editor de Cultura. Repórter do Portal News Cariri. Também prestando serviço de Assessoria de imprensa para instituições privadas, artistas e parlamentares.